Lactase

A Lactase é uma enzima responsável pela hidrólise da lactose. Na deficiência da Lactase, a lactose não digerida passa ao intestino grosso, originando diarréia fermentativa e outros transtornos digestivos. A deficiência de Lactase ocorre com maior frequência na raça negra, e, em menor escala, na raça branca. Esta deficiência pode resultar em alactasia ou intolerância à lactose.

Ação Terapêutica:

A intolerância à lactose está relacionada com distúrbios gastrintestinais tais como flatulência e diarréia após o consumo de leite ou de derivados. Indivíduos que não digerem a lactose podem apresentar sintomas de diarréia, intestino irritável, indigestão e azia. A enzima Lactase deve ser utilizada em pacientes com intolerância à lactose para auxiliar na ingestão de produtos lácteos.

Recomendação de uso:

Cápsulas: A dose usual na forma de cápsulas varia entre 1750 e 9000 unidades FCC (ou ALU) administrados 15 minutos antes da ingestão de leite ou derivados.

A atividade in vivo tem sido demonstrada com a administração da Lactase no momento do consumo de alimentos lácteos. A administração da Lactase em um período muito anterior à ingestão do alimento compromete sua eficácia. Deve-se iniciar com a menor dosagem recomendada e aumentar a dose de maneira a obter o alívio dos sintomas.

Precauções:

Diabéticos com deficiência de Lactase devem estar atentos, pois a lactose antes indigesta, passa a ser metabolizada com a utilização de Lactase e proverá calorias que precisam ser contabilizadas na dieta (ex. 50g de lactose fornecerá 25g de glicose e 25g de galactose). Galactosêmicos não devem ingerir alimentos lácteos, mesmo com a utilização de Lactase.